Archive for the ‘Prince, Paris & Blanket’ category

Entrevista de Paris Jackson ao Programa Ellen Show

12/18/2011

Ellen: Ele é o maior popstar do mundo moderno,Michael Jackson e ela está aqui para falar sobre a sua vida e seu primeiro papel no filme “Lundon’s Bridge and The Three Keys”, por favor recebam Paris Jackson!

(aplausos)

Ellen: Agora eu preciso saber o que é isso, por um acaso é uma dança que você aprendeu ?

Paris: Sim, é uma dança que eu e meu primo fizemos chamada “The Trillian”.

Ellen: The Trilliam?

Paris: É

Ellen: E porque chama The Trillian?

Paris: Nós o chamamos de Dontrillians (apelido para Donte Willians, se eu não me engane ele é filho adotivo do Jermaine), e então tiramos do nome dele..o nome para a dança.

Ellen: E como funciona isso exatamente?

Paris: Você balança seu braço junto ao corpo assim..

Ellen: De qualquer forma, eu não me sinto bem desse jeito..Como você fez isso se tornar legal eu sinto como…isso parece uma piada, eu estou parecendo uma idiota, você está tentando me fazer parecer besta então ensinou essa dança para mim!

[risos]

Ellen: No próximo show virei assim (imitando a dança), fazendo o The Trillian, mas quem mais está fazendo isso? Você, seu primo e quem mais?

Paris: Algumas pessoas, eu tentei ensinar outras mas..

Ellen: Eles conseguiram?

Paris: Não

Ellen: Então vamos começar, seus irmãos estão na platéia: Hey, como vocês estão?

(aplausos)

Ellen: Blanket e Prince

Ellen: Eles estão te apoiando muito, porque essa é a sua primeira vez na televisão sozinha.Certo?

Paris: Sim

Ellen: E você está empolgada?

Paris: Sim

Ellen: Está nervosa?

Paris: Um pouco

Ellen: Sério?

Paris: Uhum

Ellen: Mas olha só como estas pessoas são amigáveis!

Ellen: Então você está fazendo um filme… você vai estar em um filme. Isso é algo que você sabia que queria fazer por um tempo?

Paris: Sim. Eu adoro atuar

Ellen: Você ama atuar?

Paris: Sim

Ellen: E desde quando você sabia que queria atuar?

Paris: Quando eu era bem pequena.

Ellen: Uhuum

Paris: Porque meu pai estava como… no filme “Moonwalker” e eu sabia que ele cantava muito bem, mas não sabia que ele sabia atuava! Eu vi o filme e fiquei tipo: Uau! Eu quero ser como ele… Então..

Ellen: E quantos anos você tinha nessa época?

Paris: Eu era pequena, era mais nova que o Blanket.

Ellen: Sério? E você dizia isso a ele, dizia a seu pai que queria atuar?

Paris: Sim. E eu e ele atuávamos juntos, ele me dava roteiros e dizia: Ok, então nessa cena você vai chorar e eu chorava na hora!

Ellen: Você consegue chorar rápido?

Paris: Sim

Ellen: Isso é impressionante!

Ellen: Então você estava envolvida em um monte de coisas do que só atuar!

Paris: Além disso, eu também fingia

Ellen: Então todos vocês atuavam, ou só você atuava com seu pai?

Paris: Prince também fazia algumas vezes, Blanket era um pouco tímido, mas sim.

Ellen: Mas você é a única que quer atuar ou você canta ?

Paris: Eu não sou a Beyoncé mas eu canto um pouquinho.

Ellen: Ninguém é igual a Beyoncé…Só a Beyoncé é a Beyoncé!

Ellen: Mas então você canta?

Paris: Um pouco..

Ellen: E você toca algum instrumento?

Paris: Eu estou aprendendo sozinha o piano

Ellen: Uhum. Então mas mais do que música você quer atuar?

Paris: Sim

Ellen: E você se sente como…É porque tem muita pressão a filha de Michael Jackson tentando cantar, e então você acha que as pessoas vão te comparar a ele?

Paris: Eu entendo, mas as pessoas vão me colocar em um certo nível e me comparar a ele.

Ellen: Sim

Paris: Eu acho que nem todo mundo entenda, mas sou só eu..então!

Ellen: Exatamente..é você!

(aplausos)

Ellen: Tem que ser você!

Ellen: E você também é babá, é essa a outra profissão que você quer ser?

Paris: Sim, eu amo crianças!

Ellen: Você ama crianças?

Paris: Sim

Ellen: E você está cuidando de alguma criança no momento?

Paris: Meus primos…Eu às vezes cuido deles!

Ellen: O que fez o The Trillian?

Paris: Não..Ele tem 19 anos..

Ellen: Então qual dos seus primos que você cuida?

Paris: Tem os filhos dos meus primos, então Dee-Dee tem 3, e tem também o Bryce. E eu gosto de cuidar daqueles bebês tipo recém-nascidos!

Ellen: E você pode fazer isso?

Paris: Eu não sei

Ellen: E quanto você cobraria?

Paris: Provavelmente 10 bucks por hora.

Ellen: É isso que cobram as babás? 10 bucks por hora?

Ellen: Legal. E o que eu acho muito interessante, obviamente, e eu acho que as pessoas também vão achar, é que você não tem que trabalhar obviamente mas você quer trabalhar, para ter seu próprio dinheiro. Você acha que as pessoas ficariam surpresas com isso?

Paris: Não..Eu acho que não!

Ellen: Eu acho que sim!

(risos)

Ellen: E você também vai para a escola,certo? Mas você sempre foi para escola, ou estudou durante um período em casa?

Paris: Eu estudei em casa por muito tempo, e depois eu fui para a minha escola Buckley!

Ellen: E quanto você está gostando da escola?

Paris: Eu adoro. É definitivamente uma experiência diferente!

Ellen: As pessoas lá te tratavam diferente ou você sente que tem uma infância normal?

Paris: Eu tenho uma infância normal. Quero dizer… eu sou tratada da mesma maneira que todos. Quando eu fui para Buckley, ninguém sabia quem eu era, e eu pensei “Isso! Vou ter uma chance de ser normal!”.

Ellen: E eles não sabiam quem você era,porque você costumava usar máscaras o tempo todo?

Paris: Sim

Ellen: E quando você usava essas máscaras, você se lembra de pensar, porque obviamente seu pai fez isso para te proteger e ninguém reconhecer você e você poder sair. Mas você se lembra de usar as máscaras e achar isso um pouco estranho?

Paris: Sim. “Isso é idiota, porque eu to usando máscara?”

(risos)

Ellen: Certo.

Paris: Mas sim, depois que eu fiquei mais velha eu comecei a perceber que ele só estava tentando proteger a gente, e ele explicava isso para a gente também!

Ellen: Certo. E você sabia que ele era Michael Jackson? Você sabia, quero dizer, você tinha qualquer ideia de que seu pai era quem ele era? Obviamente, não quando você era muito pequena porque ele para você era apenas seu pai, mas depois em algum momento você percebeu; “Oh Meu Deus! Ele é… o mais incrível popstar do mundo!”

Paris: Quando eu era bem pequena eu não sabia disso, tipo eu achava: “Ah! Ele tem umas músicas” mas eu achava que todo mundo tinha isso também!

(risoos)

Ellen: Aham..certo!

Ellen: Ele tem mais músicas do que a maioria das pessoas na verdade. Quando você pensa no catálogo de músicas que ele tem é tão incrível, e você conhece todas as suas músicas, assistiu tudo?

Paris: Eu sei todas as músicas de cór

Ellen: Então você conhece todas as suas músicas?

Paris: Sim

Ellen: Tem alguma música preferida?

Paris: Isso é difícil porque 99% do meu cérebro é de música dele.

Ellen: Sério?

Paris: Música em geral

Ellen: E além de Michael Jackson e Beyoncé, que tipo de música você ouve?

Paris: Ah eu amo Chris Brown, Rihanna, Coldplay. Eu tenho de várias categorias diferentes que eu escuto.

Ellen: Então você é uma grande fã de música?

Paris: Sim

Ellen: E que vai começar a atuar! Eu também acho que você vai começar a cantar também.

Ellen: Nós vamos para o comercial e quando eu voltar eu quero saber qual foi a coisa mais memorável que seu pai te disse por que eu achei que isso era algo interessante de se perguntar. Daqui a pouco a gente volta com Paris!

(aplausos)

Ellen: Estamos de volta com Paris Jackson que pode ser uma babá para seus filhos!

(risos)

Ellen: Se você tem filhos, especialmente se eles forem pequenos!

Ellen: Então, vamos falar… Por que eu tenho certeza que você teve outras propostas, e outros papéis mas por que você escolheu “Lundon’s Bridge and The Three Keys” para ser o primeiro filme que você vai fazer?

Paris: “Lundon’s Bridge” fala sobre parar a poluição e eu sei que meu pai sempre quis “curar o mundo” e eu achei que seria ótimo seguir seus passos e ajudar o mundo!

Ellen: E tentar curar o mundo, essa é uma boa escolha. Eu fico feliz que você queira seguir seus passos, porque ele cantava muito sobre isso, ele cantava sobre mudarmos as coisas e amarmos uns aos outros, e ser gentil um com o outro, e esse filme também, o livro, tem fundos que serão revertidos, certo?

Paris: Sim. Na verdade, 50% de tudo o que for arrecadado com o filme e com o livro serão revertidos para as escolas.

Ellen: Uhum

Paris: Porque eu sei que tem muitas escolas que não tem esportes e projetos como a minha tem. E essas escolas não podem ter projetos artísticos, ou esportes e essa é a parte divertida da escola, quero dizer, fora a isso, é entediante!

Ellen: Sim. E você pratica esportes, não pratica?

Ellen: Você disse softball, e além disse o que mais você faz?

Paris:Sim. Softball, eu amo football e um pouco de basketball. Eu prefiro assistir basketball do que jogar.

Ellen: Quais são seus preferidos?

Paris: Voleiball e football.

Ellen: E você realmente idealiza muito seu irmão Prince, certo?

Paris: Sim.

Ellen: E é porque qualquer coisa que ele faça você tenta fazer a mesma coisa?

Paris: Mais ou menos

Ellen: Que coisa que ele fez que você quis fazer também?

Paris: No ano passado quando ele estava na 8ª série ele jogava no Varsity Football Team, e esse ano quando eu fui para a 8ª série eu decidi jogar na mesma posição e no mesmo time que ele jogava.

Ellen: Sério? Uau… É muito legal que vocês sejam tão próximos! Eu escrevi isso esta manhã e a coisa mais memorável que seu pai disse?

Paris: Ele me disse: “Se eu morrer amanhã, sempre se lembre do que eu te disse!” e eu segui esse conselho e eu me lembro de tudo que ele me disse.

Ellen: Isso é incrível! Ele que disse isso pra você?

Paris: Sim

Ellen: Então você se lembra de tudo… Bom, e eu te disse durante o comercial que eu tenho muito orgulho de você porque apesar das coisas difíceis que você teve de lidar, e todos nós sentimos muito essa perda e eu não consigo imaginar o que essa perda significou para você mas você é uma incrível jovem garota, então obrigada por estar aqui!

Paris: Muito obrigada!

Ellen: AH! Eu tenho um presente, isso é para você estar pronta para seu primeiro filme, eu vou te dar isso e eu vou te dar também essa cadeira. Andy traga a cadeira! Então você tem sua própria cadeira!

Ellen: Está pronta! Está pronto pro seu filme!

Paris: (visivelmente emocionada) Muito obrigada!

Ellen: De nada!

Ellen: Para mais informações visite o site de “Lundon’s Bridge and The Three Keys” daqui a pouco a gente volta!

Tradução: LiberianGirl
Fonte: Forum Neverland 

Paris Jackson irá falar sobre sua familia em progama e vai estrelar em novo filme

12/13/2011

Seu pai, Michael, é o legendário ícone pop. Paris Jackson irá converser com Ellen sobre o que a vida tem sido para ela e sua família nos últimos meses. Ela também vai estrelar no novo filme “Lundon’s Bridge and the Three Keys” (em português, Ponte Lundon e as Três Chaves). O tema do filme, salvar o planeta, é uma causa próxima do coração de Paris e de seu pai.

Ponte Lundon e as Três Chaves

O Mundo Mágico dos Ataques de Mar… Perder significa o fim da humanidade… A guerra começa…

A guerra entre a terra e o mar. O antigo mar de magia transforma um golfinho em um ser humano, um feitiço transforma um adolescente em uma libélula e uma boa e amorosa água-viva rainha torna-se uma fada madrinha mal. Esta moderna aventura força uma família inocente a se tornar a arma para combater a guerra que passa sobre a terra e sob o mar.

Conheça o elenco

Fonte: Lundons.com

Paris Jackson se diverte em show de Chris Brown

10/21/2011

Acompanhada de amigas, Paris Jackson curtiu a apresentação da turnê ‘The F.A.M.E.’ em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Paris Michael Katherine Jackson no show de Chris Brown em Los Angeles

Paris Jackson, filha de Michael Jackson, se divertiu com amigas no show de Chris Brown em Los Angeles, nos Estados Unidos. A apresentação desta quinta-feira, 20, faz parte da turnê “The F.A.M.E.”.
Fonte: Globo.com / Ego / Forum Neverland
Imagens: King of Pop Kids

Michael Forever: Prince, Paris e Blanket no palco durante o show

10/09/2011

(AP) – Três gerações da família de Michael Jackson – com algunas ausencias notáveis – juntou-se uma lista eclética de artistas sábado para prestar homenagem ao Rei do Pop, uma celebração da vida da estrela, ofuscada pelo julgamento de homicídio, em Los Angeles, de seu médico.

Em um palco em forma de luva gigante, os participantes realizaram canções de toda a carreira de Jackson – de sua infância com o Jackson 5 até álbuns solo como “Thriller” e “Bad”. Participantes, pediram aos fãs para ignorar as críticas e falhas de planejamento que marcou a preparação para o show no País de Gales, e se divertirem com a celebração do legado musical de Jackson.

“Não é sobre a polêmica”, disse o astro de R&B Ne-Yo, que deu início ao show com uma interpretação de “Billie Jean”, completa, com alguns moonwalking passável. “Não é sobre o julgamento. Não é sobre sua morte. É sobre a comemoração de sua vida. É sobre a comemoração de sua música.”
A multidão no Millennium Stadium de Cardiff, fez exatamente isso, vibrando como irmãos Jackson Marlon, Tito e Jackie – dos Jackson 5 – subiu ao palco para executar “Blame It On the Boogie” com JLS, banda britânica.
“Você pode sentir o seu espírito na casa esta noite?”, Perguntou Marlon. A julgar pelo cheers, os chapéus fedora e as luvas de lantejoulas na platéia, muitos poderiam sentir.
A formação para o “Forever Michael” show incluiu Christina Aguilera, Smokey Robinson, Gladys Knight, Leona Lewis, Jennifer Hudson, Cee Lo Green – e, através de vídeo, Beyonce.

O concerto tem dividido a familia Rei do Pop e seguidores. Os três irmãos e a irmã La Toya estavam realizando, enquanto a mãe de Michael Jackson, Katherine estava na platéia e seus filhos Prince, 14, Paris, 13 e Blanket ,9 anos de idade,  brevemente subiram ao palco para agradecer os fãs por terem vindo.
“Estamos muito felizes de estar aqui nesta noite especial para homenagear o nosso pai”, disse Paris, que como seu irmão mais velho sorriu e parecia confiante, enquanto Blanket ficou estóico e tímido.

Enquanto que 13 membros da família Jackson participaram – incluindo 3T grupo vocal, composto por três filhos de Tito – os irmãos de Michael, Jermaine e Randy e sua irmã Janet ficaram de fora, dizendo que é errado para realizar o show na mesmo epoca do julgamento de homicídio do Dr. Conrad Murray.
Antes do show, Marlon Jackson disse que respeitava a decisão de seu irmãos.
“Cada um de nós sofre de maneira diferente”, disse ele. “Queremos celebrar o lado positivo de sua vida, as coisas positivas que ele fez.”

Jackson morreu em junho de 2009, aos 50 anos, quando ele estava se preparando para uma série de shows em Londres.
Suas últimas horas estão sendo revividas em detalhes gráficos no julgamento de Murray, acusado de dar a Jackson uma dose letal do anestésico propofol e outros sedativos no quarto de sua mansão, alugada, em 25 de junho de 2009.
Alguns fãs disseram que é inapropriado o show de tributo durante o julgamento, mas aqueles que vieram para Cardiff disseram que era um antídoto adequado para o tribunal sombrio.
“Existe muita negatividade nesse tribunal”, disse Ronnie Lee, um caminhoneiro de 32 anos de idade, de Pembroke, no País de Gales, usando uma camiseta de “Thriller”. “Esta é uma chance de dizer: ‘Obrigado Michael” e celebrar a música.”

Fãs de toda a Europa se reuniram em frente ao estádio, onde os vendedores fizeram um comércio de blusas do Rei do Pop e chapéus como aqueles usados por Jackson uma vez.
“Aconteça o que acontecer no tribunal, nunca teremos Michael de volta”, disse Karin Kiewiet, 40, um funcionário do governo local de Emmen, Países Baixos. “Esta é uma boa oportunidade para nois ficarmos de luto.”

O organizador Chris Hunt disse que apesar da perda de última hora, os fãs podem esperar “um show muito, muito espetacular.”
“Tudo o que fizemos foi governado por um critério – Michael iria ter feito isso dessa maneira, ele aprovaria, ele iria gostar?”, disse Hunt, executivo-chefe da Global Eventos Live. “Estamos tentando fazer algo digno de um dos maiores showmen dos tempos modernos.”

Diversos grupos de fãs em todo o mundo criticaram o evento, não apenas por sua data, mas pelos preços dos bilhetes, que custaram cerca de 100 dolares.
Os organizadores, também, indignaram muitos fãs, convidando o a banda de rock Kiss, cujo baixista Gene Simmons disse a uma revista no ano passado que não havia “nenhuma dúvida em minha mente”, que Jackson, que foi absolvido de acusações de abuso sexual em 2005, havia molestado crianças.
O convite foi rapidamente anulado, mas muitos fãs permaneceram com raiva.

“Os fãs não estão satisfeitos que o espólio de Jackson não esteja envolvido”, disse Wesley Noorhoff, presidente de um fã clube holandês Michael Jackson. “Parecia que eles queriam construir um concerto breve, para conseguir dinheiro.
Eu acredito que eles devem esperar, não só por causa do julgamento Murray. Se você faz um tributo a Michael, ele tem que ser o melhor que existe, assim como Michael. ”

Hunt insistiu que o show seria um sucesso. Ele disse que mais de 40 mil ingressos haviam sido vendidos até sexta-feira, e ele estava confiante de atingir a capacidade do local, que é de 50.000.
Alguns dos recursos iram para o Projeto AIDS Los Angeles e instituições de caridade Prince’s Trust, e uma parte será colocada em um fundo fiduciário para as crianças de Jackson, embora os organizadores não dêem uma repartição exata.

Marlon Jackson, 54, disse que queria saber se Michael teria aprovado o show.
“Quero que o mundo entenda que o meu irmão era mais do que apenas um artista”, disse ele. “Tinha um lado humano nele também.”